Maiores seguradoras automóvel à lupa

Se os dados finais da produção de seguros, apurados para o conjunto do ano de 2013, mostraram um crescimento assinalável no conjunto de todos os ramos, nem todas as variantes de seguro assistiram a um crescimento.

Pelo contrário, se houve aumento da procura nos produtos de poupança com a consequente subida do ramo Vida, nos ramos reais a tendência foi até de ligeiro decréscimo.

Maiores seguradoras automóvel em 2013

O seguro automóvel encontra-se nesta segunda linha de produtos de seguros, com resultados negativos e francamente afetada pela atual conjuntura económica.

Os números globais dos ramos reais dão conta de uma quebra de 3.2%, mas o seguro automóvel superou mesmo esse valor, tendo caído 5.8%.

Diminuiu a produção de seguro automóvel

A conjuntura macroeconómica adversa condiciona a procura destes seguros, e tem arrastado com ela uma maior pressão concorrencial do lado da oferta, com impacto nos preços aos consumidores.

A concorrência entre seguradoras, nomeadamente as diretas ou também chamadas de seguradoras low cost, tem levado ao redesenho das tarifas e ao encolhimento dos prémios médios.

O prémio médio do seguro automóvel baixou mesmo cerca de 100 euros nos últimos dez anos, tendo-se fixado em 2013 nos 225.40 euros, ainda menos 2% do que em 2012.

Uma descida que pode ser explicada pela menor e menos grave sinistralidade, que em parte, está relacionada com a conjuntura económica, ditada por menor circulação rodoviária que diminui o risco.

Mas também as próprias seguradoras têm contribuído para este abaixamento das tarifas de seguro automóvel, ao realizarem programas de melhoria da qualidade que se traduzem em aumentos de eficiência, que por força da competitividade no setor, logo repercutem em seguros automóvel mais baratos.

Ranking do seguro automóvel

Quisemos avaliar no ano findo, como estavam elencadas as companhias de seguros nacionais em termos de quota de mercado, no que ao ramo automóvel diz respeito.

Aqui, e tratando-se de um ramo real, os primeiros lugares do ranking, estão libertos das várias seguradoras vida que no ranking global ocupam, ainda mais em 2013 do que antes, as primeiras posições, por força do elevado desempenho dos produtos de seguros de vida.

Entre as maiores seguradoras automóvel, avaliadas pela sua produção de seguros em 2013, encontramos aquelas que por certo o leitor mais está à espera de ver, pois identifica-as como sendo seguradoras há muito estabelecidas e com oferta de seguros para os mais habituais riscos, bem como aquelas que sabe praticamente construírem a sua carteira neste segmento, como as seguradoras diretas, que só recentemente alargaram a oferta a outros produtos.

Fidelidade é líder

Não estranhará que no primeiro lugar, liderando este como a generalidade dos rankings portugueses de seguros, esteja a Fidelidade, agora privatizada.

Bem ilustrativo deste domínio é o facto de podermos considerar que em cada 5 seguros automóvel, um é contratado na Fidelidade.

A seguradora que acaba de deixar o grupo da Caixa Geral de Depósitos, tem uma quota de mercado de 22.8%, mantendo praticamente a mesma posição preponderante que já tinha em 2012.

Ainda no pódio, nota para a troca de posições entre a AXA e a Zurich. A AXA é agora segunda, por força de ter resistido um pouco melhor ao decréscimo de produção que as suas companheiras de pódio, Fidelidade e Zurich, que diminuíram a produção de seguro automóvel na ordem dos 6%, ao passo que a AXA apenas quebrou 4%.

Relegada para a terceira posição das maiores seguradoras automóvel ficou então a Zurich Seguros.

Generali e Ocidental aumentam produção

Se a generalidade das seguradoras perdeu produção de seguro automóvel, a Generali e a Ocidental contrariaram a tendência, aumentando de produção e consequentemente de quota de mercado. As subidas foram mesmo assinaláveis, cerca de 12% e 15% para Generali e Ocidental, respetivamente, o que conferiu a ambas o ganho de algumas décimas de ponto percentual em termos de quota de seguro automóvel, e a subida de uma posição na tabela para a Ocidental.

A Generali ficou na mesma posição – a décima – mas aproximou-se da MAPFRE, um lugar à frente.

Ao subir posições no ranking, está de parabéns a Liberty, que ganhou 3 lugares, e é agora a 4ª classificada. Tal ganho manifestou-se pela perda de produção das concorrentes próximas, já que a Liberty praticamente manteve os resultados de 2012, baixando mesmo muito ligeiramente.

Quem mais caiu

Pela negativa, a Tranquilidade foi a que mais degraus desceu, ao ver-se ultrapassada pela Liberty, mas também pela Allianz. A seguradora do Grupo Espírito Santo caiu um pouco mais que a concorrência mais direta – 8% e foi relegada para a sexta posição na geral.

Em termos de perdas entre os lugares mais significativos, a Lusitania é a recordista.

Não que tenha perdido posições – manteve-se igualmente no 8º lugar – mas decresceu significativamente a sua produção de seguro auto, em mais de 20%.

Diretas mantêm-se

De resto, as seguradoras diretas mantiveram as posições relativas no ranking, exceção para a Seguro Directo, agora Direct, que embora tenha sido neste segmento a seguradora que menos quebrou a sua produção (pouco mais de um ponto percentual), viu-se ultrapassada pelo bom desempenho da Ocidental.

A que mais assistiu a uma quebra de montantes oriundos do seguro automóvel, foi a Logo Seguros, que perdeu 9% da carteira.

 

Todos estes números, comparações, e a infografia produzida sobre o ranking, embora sejam interessantes para compreender o comportamento do ramo de seguro que cobre o risco da circulação de veículos automóveis, valem o que valem, e para o consumidor final terão uma importância relativa.

Ao leitor interessará bem mais saber, por exemplo onde pode contratar o seguro automóvel mais barato.

No entanto, até para isso podem ser úteis, pois constituem um bom indicador para tentar prever o comportamento das tarifas de seguro automóvel nos próximos meses.

Seguradoras com um mau desempenho em 2013 e que não estejam a desinvestir nos seus produtos de seguros para automóveis e motos, tenderão a baixar a tarifa para tentarem produzir mais, ao passo que companhias de seguros que fizeram um esforço recente para melhorarem os seus resultados, poderão estabilizar e capitalizar sobre os ganhos, mantendo a tarifa ou até aumentando-a ligeiramente.

Será assim ou não … os próximos tempos o dirão.

Maiores seguradoras automóvel à lupa, 5.0 out of 5 based on 3 ratings
VN:F [1.9.22_1171]
Avaliação: 5.0/5 (3 votos)

Mediadora de seguros e principal dinamizadora da criação da Seguros Mais, detém formação superior em Engenharia que aplica nas áreas da consultoria e formação, não deixando de ser elemento ativo nas publicações e avaliações do site.

Deixe um comentário

Utilizamos cookies para análise de tráfego e personalização de conteúdo e anúncios. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Leia mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close